Noite das mil faces – 07

0

Noite do baile – Parte 02

corvos-7
A fantasia do primeiro ministro era algo bem chamativo comparado aos outros convidados, ele estava como o grande rei da selva. Adrian se segurava para não rir daquela peruca espalhafatosa que parecia a juba de um leão, o homem já chegava de braços abertos, pela sua tonalidade de pele Adrian sabia que ele já havia bebido bastante naquela noite que mal havia começado. Ele vinha com um sorriso animado no rosto e assim abraçava Adrian.

– Adrian… Adrian…Adrian, obrigada por ter elaborado uma festa tão maravilhosa. Está fazendo este dia de comemoração o melhor de minha vida. Muito obrigada mesmo.

Logo ao soltar o jovem rapaz, ele se virava para a moça e sorria de um modo bobo.

– Está muito bonita, minha mulher vai ficar muito feliz em conhecer você. Poderia por favor me acompanhar.

Continuar lendo

Anúncios

Noite das mil faces – 05

0

Convite ao baile

fanfiction-originais-noite-das-mil-faces-3449991,020520152041

No dia seguinte os papéis que ele pedira estava em sua mesa, passava os olhos rapidamente pelas folhas, algumas coisas escritas não o agradavam mas naquele momento teria que deixa-los de lado, haviam coisas mais importantes para se fazer no momento, antes de investigar mais sobre os dados incorretos da pesquisa.

Os dias se passavam e o prazo dado pelo ministro se esgotava, Adrian estava com tudo pronto, todos os desenhos de visuais, estatuas de gelo, organização de cardápio, composição de cores de toda a decoração. Ele então colocou tudo em uma pasta e entregou para o secretário do primeiro ministro, não queria muito ter que ser cordial com Enrico, tinha mais coisas a resolver naquele momento. Continuar lendo

Noite das mil faces – 04

0

Planejamento

fanfiction-originais-noite-das-mil-faces-3446315,010520152302

A semana se passava, Adrian continuava fechado em seu gabinete no ministério, seus planos estavam ocorrendo como deveria, mas um em questão ainda estava a ser resolvido, precisaria incluir o primeiro ministro e sabia que conseguiria isso, o dinheiro falava mais alto naquela sociedade e ele conseguiria comprar o ministro com muita facilidade.

Alguém batia a sua porta do gabinete e entrava em seguida, era um rapaz novo trajando um terno azul e gravata borboleta e carregava uma prancheta, seu cabelo era engraçado estava divido corretamente ao meio e parecia estar com bastante gel. Era o secretario do próprio ministro, ele tinha uma feição séria, mas aquilo só o deixava mais engraçado, as duas crianças fantasmas que brincavam pela sala ao olhar para ele só conseguiam rir.

-Senhor o primeiro ministro deseja vê-lo com máxima urgência. – Ele mantinha os olhos na prancheta e saia em seguida sem esperar a resposta de Adrian.

Continuar lendo